Uma nova garantia para locação de imóveis

O valor do aluguel ainda continua em queda e muitas pessoas estão preferindo alocação em vez de comprar a casa própria. Para facilitar ainda mais a vida dos inquilinos e dos proprietários, a Apsa está lançando o ‘Alugue Rápido Apsa’, um modelo de garantia que dispensa a figura do fiador, simplificando o processo. Segundo a administradora, em um momento em que a grande oferta aumenta o tempo em que os imóveis ficam disponíveis, o produto tem como objetivo trazer benefícios para as duas partes da relação.
Desenvolvido em parceria com a seguradora Porto Seguro, o ‘Alugue Rápido Apsa’ inclui uma modalidade em que o inquilino fica isento do pagamento da fiança. O proprietário, por sua vez, tem a garantia de que vai receber o aluguel e os encargos (condomínio e IPTU), independentemente do pagamento por parte do inquilino, por até 30 meses. Caso haja a necessidade de acionamento judicial, também não haveria custo com honorários e custas judiciais.
O novo serviço da Apsa não só simplifica e agiliza para o inquilino o processo de aluguel, como ajuda os proprietários a terem seus imóveis locados mais rapidamente. “Nossa solidez e expertise de mercado nos garantiu junto à Porto Seguro condições exclusivas para os nossos proprietários na cidade do Rio. E, para os inquilinos, há a garantia de uma análise rápida e sem burocracia. Tendo o cadastro aprovado, o candidato pode mudar em até 48 horas”, diz Giovani Oliveira, gerente-geral de locação da Apsa.
Segundo ele, o proprietário paga até 15% do valor mensal do aluguel, dependendo da cobertura. A Administradora de Imóveis Renascença oferece a Fiança Facilitada, que também dispensa fiador. A modalidade representa 85% dos negócios da empresa. Dados do Sindicato da Habitação do Rio (Secovi-Rio) mostram que o fiador ainda é a garantia mais usada nos contratos de aluguel, mas há outras opções, como seguro-fiança, título de capitalização e três meses de depósito.
SALDO POSITIVO
Para se ter ideia, o SulAmérica Garantia de Aluguel, serviço de garantia locatícia que também dispensa o fiador, fechou o ano passado com saldo positivo. Foi registrada alta de 9% em novos contratos, mesmo com a retração verificada no mercado imobiliário. O modelo está disponível para contratos de locação de imóveis residenciais e comerciais. Com o serviço, o inquilino deposita a quantia como garantia e o montante fica automaticamente vinculado ao contrato de aluguel, sem burocracia, de forma ágil e segura.
Entre outras vantagens, ele oferece a devolução de 100% do valor depositado e assistências especiais para imobiliárias, proprietários e inquilinos. Por meio do aplicativo (para iOS e Android), corretores e clientes podem comparar, simular e obter mais informações sobre os tipos de garantias disponíveis no mercado.
Os cuidados na hora de alugar
O gerente de imóveis da Apsa, Giovani Oliveira, alerta que é fundamental analisar o imóvel antes de fechar o contrato. “O futuro inquilino deve fazer uma análise do seu estilo de vida e das possibilidades oferecidas pelo imóvel e pelas adjacências antes de tomar a decisão. Já vi casos de pessoas desistirem por conta do barulho da rua à noite e outros por não terem opções de acesso ao trabalho”.
Outro fator importante é analisar os gastos. “É preciso avaliar se os ganhos mensais cobrem os custos. Sugerimos que não ultrapassem 30% da renda familiar”, orienta. Escolhido o imóvel, é hora de verificar se as contas estão em dia, se o regimento interno do condomínio está de acordo com o futuro uso do imóvel e deixar os documentos prontos.
“Muitas vezes, diversas pessoas estão interessadas no local. Ter a documentação necessária ajuda a avançar na fila dos solicitantes”. E não se esqueça de ler o contrato: “Ele garante a equidade em direitos e deveres”, afirma Oliveira.
Dicas importantes
DESCUBRA O SEU PERFIL
Procure imóvel que se encaixe com a sua fase de vida. Veja se é melhor viver perto do trabalho, da escola, da família, do comércio ou de áreas de lazer. Há, ainda, a opção de buscar por imóveis mais distantes, porém espaçosos. Considere custos com transporte. Evitar trânsito diário é importante também para reduzir o estresse.
A ESCOLHA
Escolhida a região, é hora de começar a ver imóveis disponíveis. Se o imóvel é de fácil acesso, de acordo com o transporte que os membros da família usam. Verificar, também, os serviços e comércio da região.
SOL E VIZINHANÇA
O posicionamento do imóvel conta para reduzir possíveis custos de energia. O ideal é que a maior parte dos quartos receba o sol da manhã. Verifique também como é a vizinhança.
VISTORIA
É importante vistoriar o espa- ço antes de morar e assinar um documento que ateste as condições de moradia com o proprietário. Ao fim do contrato, o inquilino/ locatário é responsável por entregar o imóvel exatamente como o recebeu.
PINTURA E INSTALAÇÕES
Verifique pintura, torneiras, chuveiros, instalações elétricas, hidráulicas e de gás, vidros, janelas, portas, vasos sanitários, armários embutidos, revestimentos, pias, tanques e espelhos. Se houver algo quebrado, registre para não correr risco de ser responsabilizado.
 
CONTAS EM DIA
Verifique se todas as contas anteriores de luz, gás, telefone, incêndio e IPTU estão em dia, pois elas serão de sua responsabilidade. Olhe também como é a inadimplência do condomínio. Se for alta, você vai pagar taxas mais caras para cobrir a falta de recursos.
O CONTRATO
Leia o contrato. Para que a sua estadia no local aconteça sem surpresas, é necessário ter conhecimento das cláusulas contratuais. Veja multas para entregar antes do prazo, despesas do inquilino do locador, taxas de ajuste. Leia as regras de condomínio. Quem aluga, não tem direito a voto em assembleias, mas deve seguir as regras da Convenção do Condomínio e do Regimento Interno.
novagarantia

O Dia, Cristiane Campos, 23/abr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *