Barra da Tijuca, a mais procurada para alugar

O Dia, Cristiane Campos, 26/mar

O valor do aluguel continua em queda no Rio. O preço nominal médio cobrado pela locação registrou R$ 32,33 em fevereiro. Segundo o levantamento DMI-VivaReal, a queda foi de 0,87% em relação ao mês de janeiro, quando era de R$ 32,61. Já na comparação com o mesmo período de 2016, a desvalorização foi ainda maior, de 10,27% (R$ 36,03). Além do preço médio da cidade em geral, o DMI-VivaReal também compilou os bairros mais procurados, tanto para venda quanto para aluguel no Rio de Janeiro.

A Barra da Tijuca ficou em primeiro lugar na locação, seguida de Copacabana e Botafogo. O bairro do Recreio dos Bandeirantes aparece em quarto lugar. Ainda segundo o levantamento, Tijuca aparece em quinto, acompanhada por Leblon e Flamengo. Ipanema ficou em oitavo e Freguesia, em Jacarepaguá, na nona posição.

Segundo o vice-presidente Comercial da Administradora Renascença, Edison Parente, o levantamento do Viva Real confere com as pesquisas realizadas pela empresa, sendo que a posição do ranking dos bairros mais procurados para alugar é diferente. Na Renascença, a Tijuca aparece em primeiro lugar, a Freguesia em segundo e a Barra da Tijuca na terceira posição.

Parente explica que a Tijuca é muito procurada por estar próxima de tudo. Os preços, por sua vez, são bem mais acessíveis que a vizinha Barra da Tijuca. Além disso, o bairro ainda não voltou a ser violento como era na década de 1980. “A Freguesia, por exemplo, custa bem menos que os vizinhos Barra e Recreio, e fica a 10 minutos da praia e é logisticamente interessante, pois tem acesso pela Linha Amarela, Transoeste, Transolímpica e Grajaú-Jacarepaguá. Já a Barra é o sonho de todo morador das zonas Oeste e Norte. Tem infraestrutura boa, lazer, praia, status e é bem mais em conta do que a Zona Sul”, analisa Parente.

O especialista ressalta ainda que o preço médio do aluguel teve redução de 7% nos últimos 12 meses. Isso porque o mercado continua com boa oferta devido aos imóveis que não estão sendo vendidos. Por isso, negociação é a palavra da vez.

Dicas para alugar mais rápido

 

O engenheiro civil Frederico Correia Lima, presidente do Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia (Ibape Nacional) ressalta que, para muitos, a localização é o ponto mais importante na hora de vender um imóvel, mas o acabamento, por exemplo, tem muita importância para quem vai alugar.

O engenheiro afirma que antes de colocar um imóvel à venda ou para locação é preciso ajustar alguns pontos. Pequenos reparos e simples cuidados podem ajudar nas negociações, agilizando o tempo do aluguel ou até mesmo incrementando o valor da casa ou apartamento. Entre as dicas do profissional, convém verificar os caixilhos e, em se tratando de uma casa, deve-se examinar o telhado, se possível. Renove a pintura e realize ajustes no piso e dê preferência aos modelos frios. Também evite deixar instalações elétricas com fios soltos e aparentes. Lima orienta ainda conservar o imóvel limpo e preservar os móveis planejados ou embutidos.
http://www.ademi.org.br/article.php3?id_article=69963&var_recherche=barra+da+tijuca
MET1-001-260317.indd

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *